Frases e procedimentos para sobreviver a uma mulher com TPM

Frases e procedimentos para sobreviver a uma mulher com TPM nas situações do dia-a-dia:

– Você chega em casa com aquela fome…
PERIGOSO: O que tem pro jantar?
SEGURO: Posso te ajudar com o jantar?
SEGURÍSSIMO: Onde você quer ir pra jantar?
ULTRA-SEGURO: Aqui, come esse chocolate.

– Vocês vão a uma festa e ela diz: Amor já estou pronta…
PERIGOSO: Você vai vestir ISSO?
SEGURO: Nossa, você fica bem de marrom!
SEGURÍSSIMO: Uau! Tá uma gata!
ULTRA-SEGURO: Aqui, come esse chocolate.

– Ela diz: Como você é grosso!
PERIGOSO: Tá nervosa por quê?
SEGURO: Tudo bem que eu poderia ter avisado, assumo meu erro!
SEGURÍSSIMO: Vem, deixa eu te fazer um carinho…
ULTRA-SEGURO: Aqui, come esse chocolate.

– Na hora daquele super almoço de domingo…
PERIGOSO: Será que você devia comer isso?
SEGURO: Sabe, ainda tem bastante maçã.
SEGURÍSSIMO: Quer um copo de vinho pra acompanhar?
ULTRA-SEGURO: Aqui, come esse chocolate.

– Você chega em casa tarde, e ela está sentada no sofá…
PERIGOSO: O que você fez o dia todo?
SEGURO: Espero que você não tenha trabalhado demais hoje amor.
SEGURÍSSIMO: Adoro quando você usa esse baby doll!
ULTRA-SEGURO: Aqui, come esse chocolate.

*******
E algumas definições para TPM:

TPM = Todos os Problemas Misturados
TPM = Tendências a Pontapés e Murros
TPM = Temporada Proibida para Machos
TPM = Tocou, Perguntou, Morreu
TPM = Tente no Próximo Mês
TPM = Tempo Pra Meditação
TPM= Treinadas para matar

E no consultório…

– Doutor, eu não sei o que fazer!…
Toda vez que meu marido chega em casa bêbado ele me bate com sua pasta, me xinga e me dá cada porrada!…
– Eu tenho um remédio muito bom para isso. Quando seu marido chegar em casa embriagado, basta pegar um copo de chá de camomila e começar a bochechar. Faça bochechos sem parar e até que ele se deite e durma. Apenas isto.
Duas semanas depois, ela retorna ao médico e parece ter nascido de novo.
– Doutor, isso foi uma idéia brilhante! Toda vez que meu marido chegou em casa bêbado, eu bochechava muitas vezes com chá de camomila e ele não me bateu.
– Viu como manter a boca fechada ajuda?!…

Sem sexo até 2010…

Eu nunca havia entendido porque as necessidades sexuais dos homens e das mulheres são tão diferentes.
Nunca tinha entendido isso de ‘Marte e Vênus’.
E nunca tinha entendido porque os homens pensam com a cabeça e as mulheres com o coração.

Uma noite, na semana passada, minha mulher e eu estávamos indo para a cama.
Bem, começamos a ficar a vontade, fazer carinhos, provocações, o maior TESÃO e, nesse momento, ela parou e me disse:
– Acho que agora não quero, só quero que você me abrace…

Eu falei: – O QUEEE???

Ela falou: – Você não sabe se conectar com as minhas necessidades emocionais como mulher.

Comecei a pensar no que podia ter falhado. No final, assumi que aquela noite não ia rolar nada, virei e dormi. No dia seguinte, fomos ao shopping.
Entramos em uma grande loja de departamentos. Fui dar uma volta enquanto ela experimentava três modelitos caríssimos. Como estava difícil escolher entre um ou outro, falei para comprar os três. Então, ela me falou que precisava de uns sapatos que combinassem a R$ 200,00 cada par. Respondi que tudo bem.
Depois fomos a seção de joalheria, onde gostou de uns brincos de diamantes e eu concordei que comprasse. Estava tão emocionada!!! Deveria estar pensando que fiquei louco. Acho até que estava me testando quando pediu uma raquete
de tênis, porque nem tênis ela joga. Acredito que acabei com seus esquemas e paradigmas quando falei que sim. Ela estava quase excitada sexualmente depois de tudo isso. Vocês tinham que ver a carinha dela, toda feliz!

Quando ela falou: – Vamos passar no caixa para pagar, amor?

Daí eu disse: – Acho que agora não quero mais comprar tudo isso, meu bem…
Só quero que você me abrace. Ela ficou pálida. No momento em que começou a ficar com cara de querer me matar, falei: – Você não sabe se conectar com as minhas necessidades financeiras de homem…

Vinguei-me! Mas acredito que o sexo acabou pra mim até o Natal de 2010.

Casal estressado

Mulher – Onde você vai?
Homem – Vou sair um pouco.
Mulher – Vai de carro?
Homem – Sim.
Mulher – Tem gasolina?
Homem – Sim…. coloquei.
Mulher – Vai demorar?
Homem – Não… coisa de uma hora.
Mulher – Vai a algum lugar específico?
Homem – Não… só rodar por aí.
Mulher – Não prefere ir a pé?
Homem – Não… vou de carro.
Mulher – Traz um sorvete pra mim!
Homem – Trago… que sabor?
Mulher – Manga.
Homem – Ok… na volta eu passo e compro.
Mulher – Na volta?
Homem – Sim… senão derrete.
Mulher – Passa lá, compra e deixa aqui..
Homem – Não… melhor não! Na volta… é rápido!
Mulher – Ahhhhh!
Homem – Quando eu voltar eu tomo com você!
Mulher – Mas você não gosta de manga!
Homem – Eu compro outro… de outro sabor.
Mulher – Aí fica caro… traz de cupuaçu!
Homem – Eu não gosto também.
Mulher – Traz de chocolate… nós dois gostamos.
Homem – Ok! Beijo…. volto logo….
Mulher – Ei!
Homem – O que?
Mulher – Chocolate não… Flocos…
Homem – Não gosto de flocos!
Mulher – Então traz de manga prá mim e o que quiser prá você.
Homem – Foi o que sugeri desde o começo!
Mulher – Você está sendo irônico?
Homem – Não tô não! Vou indo.
Mulher – Vem aqui me dar um beijo de despedida!
Homem – Querida! Eu volto logo… depois.
Mulher – Depois não… quero agora!
Homem – Tá bom! (Beijo.)
Mulher – Vai com o seu ou com o meu carro?
Homem – Com o meu.
Mulher – Vai com o meu… tem cd player… o seu não!
Homem – Não vou ouvir música… vou espairecer…
Mulher – Tá precisando?
Homem – Não sei… vou ver quando sair!
Mulher – Demora não!
Homem – É rápido… (Abre a porta de casa.)
Mulher – Ei!
Homem – Que foi agora?
Mulher – Nossa!!! Que grosso! Vai embora!
Homem – Calma… estou tentando sair e não consigo!
Mulher – Porque quer ir sozinho? Vai encontrar alguém?
Homem – O que quer dizer?
Mulher – Nada… nada não!
Homem – Vem cá…. acha que estou te traindo?
Mulher – Não… claro que não… mas sabe como é?
Homem – Como é o quê?
Mulher – Homens!
Homem – Generalizando ou falando de mim?
Mulher – Generalizando..
Homem – Então não é meu caso… sabe que eu não faria isso!
Mulher – Tá bom… então vai.
Homem – Vou.
Mulher – Ei!
Homem – Que foi, cacete!!!!!!!!! ?
Mulher – Leva o celular, estúpido!
Homem – Prá quê? Prá você ficar me ligando?
Mulher – Não… caso aconteça algo, estará com celular.
Homem – Não… pode deixar…
Mulher – Olha… desculpa pela desconfiança, estou com saudade, só isso!
Homem – Ok, meu amor… Desculpe-me se fui grosso.. Tá.. eu te amo!
Mulher – Eu também! Posso futricar no seu celular?
Homem – Prá quê?
Mulher – Sei lá! Joguinho!
Homem – Você quer meu celular prá jogar?
Mulher – É.
Homem – Tem certeza?
Mulher – Sim.
Homem – Liga o computador… lá tem um monte de joguinhos!
Mulher – Não sei mexer naquela lata velha!
Homem – Lata velha? Comprei pra a gente mês passado!
Mulher – Tá..ok… então leva o celular senão eu vou futricar…
Homem – Pode mexer então… não tem nada lá mesmo…
Mulher – É?
Homem – É.
Mulher – Então onde está?
Homem – O quê?
Mulher – O que deveria estar no celular mas não está….
Homem – Como!?
Mulher – Nada! Esquece!
Homem – Tá nervosa?
Mulher – Não… tô não…
Homem – Então vou!
Mulher – Ei!
Homem – O que ééééééé, caraioooooooooooo!!!!!!!!!!!!!!!! ?
Mulher – Não quero mais sorvete não!
Homem – Ah é?
Mulher – É!
Homem – Então eu também não vou sair mais não!
Mulher – Ah é?
Homem – É.
Mulher – Oba! Vai ficar comigo?
Homem – Não vou não… cansei… vou dormir!
Mulher – Prefere dormir do que ficar comigo?
Homem – Não… vou dormir, só isso!
Mulher – Está nervoso?
Homem – Claro, porraaaaaaaaaaaa !!!
Mulher – Porque você não vai dar uma volta para espairecer?
Homem – Ah, vai tomar no…

Homem inconveniente

Uma mulher escuta a campainha da sua casa tocar, ao abrir a porta dá de cara com um homem que lhe pergunta:
– A senhora tem vagina?
Assustada e indignada ela bate-lhe a porta na cara.
Na manhã seguinte, tocam a campainha, é o mesmo homem que lhe faz a mesma pergunta.
Ela furiosa bate-lhe a porta na cara novamente.
No terceiro dia repete-se a mesma cena.
Quando o marido volta do trabalho à noite, ela enfim lhe conta o acontecido.
Sentindo-se ultrajado ele combina com ela:
– Amor, amanhã não vou trabalhar, se esse cretino aparecer, me escondo, você atende e eu então apareço e lhe esmurro a cara.
Na manhã seguinte, tocam a campainha, porém o marido antes de se esconder diz para a mulher:
Se for o mesmo homem, quando ele lhe perguntar se você tem vagina, diga-lhe que sim para sabermos o que ele vai dizer.
Ela atende, e o homem está lá de novo com a mesma pergunta:
– A senhora tem vagina?
Ela responde: – Tenho.
Ah…, ótimo! Então me faça a gentileza de pedir ao seu marido que pare de usar a da minha mulher e passe a usar a sua..