Cinco lições básicas de sobrevivência no emprego

Lição número um:
Um urubu está pousado numa árvore não fazendo nada o dia todo.
Um coelho viu o urubu e perguntou: Posso sentar como você e ficar fazendo nada o dia todo?
O urubu respondeu: Claro, por que não ?
Assim, o coelho sentou-se embaixo da árvore e ficou descansando.
Subitamente apareceu uma raposa que Saltou sobre o coelho e o comeu.
MORAL DA HISTÓRIA:
Para ficar sentado sem fazer nada, você precisa estar sentado muito alto.

Lição número dois:
O peru estava batendo papo com o touro. Eu adoraria ser capaz de chegar ao topo daquela árvore – suspirou o peru…Mas não tenho força…
Ora, por que você não come um pouco do meu esterco? Replicou o touro…
– Ele tem muitos nutrientes. O peru bicou um pedaço de esterco e verificou que realmente isso lhe dava a força necessária para chegar Ao primeiro galho de árvore. No dia seguinte, depois de comer mais uns bons nacos de esterco, ele chegou Ao segundo galho.
Finalmente depois de duas semanas, comendo esterco de boi, de búfalo, das zebras, etc.., ele estava orgulhosamente empoleirado no alto da árvore. Imediatamente foi visto por um fazendeiro que atirou nele…
MORAL DA HISTÓRIA:
Qualquer bosta pode levar você ao topo, mas não manterá você lá….

Lição número três:
Quando o corpo foi criado, todas as partes queriam ser Chefe:
O cérebro foi logo dizendo:- “Eu deveria ser o Chefe porque controla todas as respostas e funções do corpo”.
Os pés disseram:- “Nós deveríamos ser o Chefe porque carregamos cérebro para onde ele quiser ir.”
As mãos disseram:- “Nós é que deveríamos ser o Chefe, porque fazemos todo trabalho e ganhamos dinheiro”. E assim foi com o coração,
pulmões, olhos, até que chegou a vez do Cu falar.
Todas as partes riram do cu querer ser o Chefe. E foi daí que ele entrou em greve,bloqueou-se e recusou-se a trabalhar…. Em pouco tempo os olhos ficaram vesgos, as mãos crisparam, os pés se retorceram, o coração e os pulmões entraram em pânico e o cérebro teve febre.
No final todos, concordaram. Todas as outras partes fizeram seu trabalho e o Chefe sentou e deixou a merda passar!.
MORAL DA HISTÓRIA:
Você não precisa de cérebro para poder ser um Chefe, qualquer cuzão pode ser.

Lição número quatro:
Era uma vez um pardal cansado da vida…. Um dia,resolveu sair voando pelo mundo em busca de aventura.
Voou até chegar numa região extremamente fria e foi ficando gelado até não poder mais voar e caiu na neve. Uma vaca, vendo o pobre pardal naquela situação, resolveu ajudá-lo e cagou em cima dele.
Ao sentir-se aquecido e confortável, o pardal começou a cantar. Um gato ouviu o seu canto e foi até lá, retirou-o da merda e o comeu.
MORAL DA HISTÓRIA:
1)Nem sempre aquele que caga em cima de você é seu inimigo;
2) Nem sempre quem tira você da merda é seu amigo;
3) Desde que você se sinta quente e confortável, mesmo que esteja na merda, conserve seu bico fechado!!!

Lição número cinco:
Um empresário rico e bem sucedido descobre que está com stress e é aconselhado por seu médico a procurar um lugar sossegado e passar alguns dias em repouso.
Refugiou-se na fazenda de um amigo, para onde levou alguns livros e uma infinidade de CDs e DVDs.
Dois dias após ligou para o médico, informando que já lera todos os livros e assistira a todos os DVDs e CDs pelo menos três vezes, ao que foi aconselhado a procurar o capataz da fazenda e pedir um serviço simples, próprio dos peões.
Embora surpreso, o capataz determinou que o hóspede espalhasse um enorme monte de esterco por uma extensão de oito hectares de terra.
No dia seguinte, o hóspede volta a procurar o capataz, informando que a tarefa fora realizada, para a surpresa do capataz, que admitiu que um peão levaria ao menos uma semana para tal. O capataz então entregou ao seu hóspede três cestas: uma pequena, uma média e uma grande, e determinou que o empresário deslocasse até as laranjeiras e colhesse laranjas, colocando as grandes nos cestos grandes, as médias nos cestos médios, e as pequenas nos pequenos cestos.
Uma semana depois, sentindo a falta do hóspede, o capataz desloca até as laranjeiras, onde encontra o empresário olhando fixamente para uma laranja, com os cestos vazios.
Feliz com a chegada do capataz, o empresário diz: “Ainda bem que você chegou para me ajudar. Esta laranja é pequena, média ou grande???”.
MORAL DA HISTÓRIA:
Espalhar merda é barbada. Difícil é tomar uma decisão.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s