Sobre a carta de Luciano Huck…

Como estamos em um blog ditatorial, os posts são moderados antes de postados.
Isso é interessante por vários motivos e um deles seria evitar spams malditos aqui. Mas essa regra imposta por minha pessoa me mostrou algo interessante. No post referente a carta aberta digitada por Luciano Huck, onde muitas pessoas resolveram comentar aqui sua indignação ou apoio.
Não conheço 99% das pessoas e com isso resolvi ser ditador mais uma vez e não liberar os comentários. Alguns com palavras difamatórias ao apresentador, outros sem pé nem cabeça…
O que importa é que: ou o google trouxe muita gente para cá através da busca das palavras “Carta de Luciano Huck” (o que fez com que meu blog aparecesse na terceira colocação entre os primeiros links) ou meu blog é mais visitado do que eu imaginava… Como eu não tenho dúvidas do poder do Google, fico com a primeira opção… Afinal é a mais lógica.
=)

Anúncios

Uma resposta em “Sobre a carta de Luciano Huck…

  1. Olá!Primeiro me apresento, sou Marcela M. Martins e como no artigo, o achei no Google…Estava curiosa sobre a tal carta do Luciano Huck, e li aqui e vi que corro o risco de não aceitar meu comentário mas ele é pra você…Não vai mudar São Paulo nem a política de Brasília, nem melhorar meu medo, ams vai enganar minha conscência… Concordo com Huck, já fui assaltada algumas vezes e numa delas minha irmã, na ´poca com pouco menos de 3 anos correu um risco enorme por causa de um carro.Amo o brasil mas tenho vergonha de ser brasileira.Obrigada por compartilha esse momento quase que íntimo comigo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s