Absurdo…

Davi Ribeiro dos Santos, 3 anos, queria apenas brincar, mas acabou vítima de uma tragédia. Sem noção do perigo que corria, atravessou um buraco na cerca que separa o bairro Prainha da Linha Vermelha, em Duque de Caxias, e entrou na via expressa. Vários veículos que seguiam em direção à Baixada tiveram que desviar ou frear repentinamente. O motorista Romildo Sérgio Merengue, 47 anos, que dirigia um Renaut Clio e vinha atrás de outro veículo, não conseguiu. O menino foi atropelado e morreu a caminho do hospital.
Seu corpo foi arremessado para o alto e caiu a uma distância de dois metros do carro. “Levei um susto, mas ainda consegui desviar do garotinho. Infelizmente, o motorista que vinha atrás não teve o que fazer”, contou a enfermeira Cátia Leite de Souza Luz, 31 anos, referindo-se a Romildo Sérgio.
Bombeiros prestaram os primeiros atendimentos ao menino na pista e o levaram para o Hospital Infantil Duque de Caxias. Davi não resistiu às fraturas e à hemorragia interna e morreu na ambulância. Como não havia parentes da criança no local, uma vizinha acompanhou Davi até o hospital. O atropelamento foi registrado na 59ª DP (Duque de Caxias).
A Fundação Departamento de Estradas de Rodagem (DER), responsável pela Linha Vermelha, explicou que a manutenção das grades é feita freqüentemente, mas que os próprios moradores danificam. O DER lamentou a morte de Davi, mas enfatizou que o acidente aconteceu em circunstâncias que fogem ao controle do departamento.
O acidente provocou um engarrafamento de dois quilômetros porque duas faixas da pista foram fechadas para o atendimento ao menino.

Essa é uma situação lamentável, mas que gera algumas perguntas:
– Onde estava a família dessa criança, praticamente um bebê, que sem noção alguma, foge por um buraco e atravessa uma via expressa, onde é permitido viajar até 90Km/h?? ONDE ESTAVAM OS PAIS!!!??!?! Não tinha UM único responsável??? E agora essa família quer culpar o DER ??? É isso mesmo? Depois de jogarem o filho para a morte, só falta pedir grana do governo…

– O que estará pensando agora, o motorista que atropelou uma criança, tão frágil e indefesa… que nã tinha como se defender e não tinha a menor noção de perigo… Como estará a cabeça dessa pessoa??? Eu particularmente acho que não aguentaria uma situação dessas. Você está todos os dias no trânsito… vê muita coisa absurda. Atropelamentos, você vê aos montes… agora uma criança? um bebê! Isso seria demais para minha cabeça. Sinceramente estou muito estarrecido com esse notícia. Mas são coisas da vida. Talvez o destino dessa criança, a função dela, tenha sido essa mesmo, vir ao mundo e mostrar que nós somos frágeis demais… e nossas crianças, são milhares de vezes mais frágeis. Vamos pensar direitinho nesse fato. E dar mais valor e cuidados básicos as nossas crianças. Elas só dependem de nós!
Com relação ao motorista, ele não teve culpa de nada… E mesmo que lhe digam isso 300 mil vezes… na cabeça dele, tenho certeza de que ele estará pensando que poderia evitar o pior… ou por que poderia estar mais devagar… ou por que poderia ter desviado… Essas coisas… a verdade é que acredito que algo tenha mudado na cabeça dele agora.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s